Alternativas para espécies madeireiras em extinção

Móvel feito com as madeiras alternativas muirapiranga, pau-amarelo, roxinho, tatajuba, faeira e louro-faia. Autor Maurício AzeredoPouca gente sabe, mas a maior parte das espécies de árvores não têm uma aplicabilidade comercial definida, exceto, talvez, virar carvão. Isso faz com que cada uma das espécies de árvores comercialmente interessantes entre em extinção mais cedo ou mais tarde.

Um dos motivos para se estudar propriedades físicas e mecânicas da madeira, bem como os extrativos que nela se encontra, é encontrar uso apropriado para novas espécies.

No Amazonas, mais de 50 espécies diferentes são usadas nas serrarias, das quais 16 representaram 80% do volume total, sendo as espécies louro inhamui, angelim pedra, amapá, assacu e maçaranduba as principais. As indústrias de compensado e laminado usam 17 espécies onde as 5 principais são muiratinga, sumaúma, copaíba, assacu e amapá. Se você levar em consideração que existem milhares de espécies arbóreas e que a demanda por este tipo de recurso só cresce com o passar do tempo, fica claro que madeiras e extrativos alternativos são mais do que necessários e passíveis de serem usados na indústria.

O problema é que a maior parte dos consumidores quer madeiras nobres e bem reconhecidas no mercado e a indústria da madeira não quer investir em pesquisa. A indústria farmacêutica e de cosméticos já faz isso, mas não impede que se explore ferozmente o mogno, por exemplo.

E você, o que poderia fazer para ajudar? Ao encontrar madeiras alternativas ou madeiras reaproveitadas, preferir esta à madeira nobre. Coisas como o MDF são feitas a partir de madeira particularizada e tratada de tal forma que a maior parte dos insetos e fungos não se interessaria por ele. Também vale a pena cuidar bem dos móveis de madeira que você tem, reformando-os se possível. Ao simplesmente jogar fora, você cria automaticamente a necessidade de mais madeira industrializada.

Madeiras “recém-descobertas” são interessantes, têm padrões bonitos e diferentes, com cores exuberantes e geralmente são mais baratos. Dê uma chance à elas.

Uma resposta to “Alternativas para espécies madeireiras em extinção”

  1. rafael d. Says:

    Rapaz, blog bem legal hein?! a iniciativa e os textos, já está devidamente add aos meus links….grande abraço

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: